Pão alentejano em bolinhas [Paleo, sem glúten]

943

Algumas pessoas têm dificuldade em acertar com o pão alentejano (receita aqui), pois este fica oco em cima e compacto em baixo. Porque tal acontece?

  • coze demais
  • forma grande demais
  • levou demasiada água
  • fermentou demais
  • sementes mal trituradas

Os ingredientes são caros e apesar do sabor e textura valerem muito a pena, em vez de persistir, eu recomendo que façam em bolinhas. As bolinhas nunca falham, ficam fantásticas e as minhas pequenas, pro exemplo, preferem assim.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Para 6 bolinhas de aprox. 100 g::

170g farinha de sementes de girassol*

210 g polvilho doce**

15  g de levedura fresca para pão (por exemplo) ou1 saqueta de aprox. 10 g levedura seca para pão (por exemplo)*

1 colher de café de sal marinho

1 colher de sopa de azeite virgem extra

200 g água

SAMSUNG CAMERA PICTURES

  1. Começar por passar as sementes a farinha, caso não a tenham adquirido assim, eu para tal junto: sementes, polvilho, levedura (se for seca) e sal no robot e pulverizo.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

2. Juntar o azeite e a água (neste caso, se a levedura for fresca, dissolver na água) e misturar com um garfo. Sim, apenas com um garfo!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

3.  Irá ficar com este aspecto. Nem demasiado líquido, nem demasiado “cimento” 🙂 Deixar levedar por aproximadamante 30 minutos. Se adicionarem um pouco mais de água, irá ficar com miolo um pouco mais aberto, se adicionarem um pouco menos, irá ficar com o miolo mais compacto.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

4. Depois de ter levedado, a massa irá ficar mais “esponjosa”. Assim:

SAMSUNG CAMERA PICTURES

5. Apenas se deve mexer na massa após a levedação. A massa deve ficar moldável sem adição de mais farinha, mas se for necessário, adicionar um pouco mais de farinha para moldar. Estes da foto foram moldados sem adicionar farinha.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

6. Depois, pode ajudar-se  passar-se com mãos humedecidas em água. Além de ajudar á formação de bolinhas mais bonitas, irá ajudar à aderência das sementes.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

7. Levar a forno pré-aquecido a 180ºC a cozer durante 20-30 minutos (consoante queiram mais ou menos crocantes).

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Esperar que arrefeçam um pouco antes de cortar! Espero que gostem!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Podem congelar por até 3 meses ou guardar num recipiente bem fechado até 5 dias.

*Podem usar as sementes que mais gostarem, eu prefiro girassol. Outras opções: teff, linhaça, sésamo, sarraceno, chia, etc. Resulta muito bem com mistura de diversas sementes.

**Podem usar outras farinhas como: teff, polvilho azedo, araruta, farinha de bolota, fubá de mandioca.

***As alterações acima podem originar alterações na quantidade de água, o importante é ir ajustando às sementes utilizadas. Ver vídeo:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=n3tyWt0HR_w&w=560&h=315]

Espero que gostem!

Join the Conversation

  1. Muitos Parabens! Já fiz esta receita e adorei o resultado final, tanto em textura como em sabor. Fiz apenas com sementes de girassol mas agora gostava de experimentar com trigo sarraceno, no entanto só encontro trigo em grão, não vejo à venda farinha de trigo sarraceno… se pulverizar os grãos em farinha, o resultado será o mesmo? Será preciso hidratar os grãos?
    Muito obrigada 🙂

    1. Olá! Muito obrigado 🙂 Não é necessário hidratar os grãos, o resultado é o mesmo.

      1. Muito obrigada pela resposta! Bom fim-de-semana e continuação de excelentes receitas 😉

  2. Alexandra Bettencourt says:

    Se for fermento seco, precisa levedar?
    Obrigada :*

    1. Olá! Se usar fermento para bolos, não precisa levedar, mas o resultado será bastante diferente. Se usar levedura seca precisa de levedar.

  3. Ana Luísa says:

    olá…nao tenho levedura. se usar fermento será mt diferente? é melhor ir comprar a levedura??? Obrigada

    1. Olá! Fica incomparavelmente melhor com a levedura 🙂

  4. mara carvalho says:

    Pode ser feito com farinha de coco?

    1. Bom dia Mara, podes usar farinha de coco a substituir a de sementes, há quem aprecie, eu, pessoalmente, não sou muito fã.

  5. Olá. Fiz hoje esta receita e não saiu bem. 😐 Fiz tudo conforme a receita , usei o fermento fresco. A massa levantou-se e depois fiz as bolas só que estas já não subiram nada no forno e ficaram com crosca muito seca e dura e o interior macio e quasr cru. O que poderia ter feito errado?

    1. Bom dia,

      As bolas sobem muito no forno, fizeste 6 bolas e deixaste cozer apenas 30 minutos e cortar depois de arrefecer? Se assim foi, se conseguires envia-me uma foto do interior para que te possa ajudar.
      A crosta dura acontece se passa dos 30 minutos, se não foi o caso, reduz para 20 minutos e sem ventilação!

      1. Paula Costa says:

        Olá!! Também experimentei hj sem grande sucesso. Fiz tudo como na receita. Usei levedura fresca que dilui em água morna. A massa não cresceu quase nada na levedura e não ficou tão esponjosa.
        No forno ficou os 30 minutos e não cresceu. A crosta ficou crocante mas o interior enqueijado. Esperei os 30 minutos para cortar as bolinhas. Quero voltar a tentar mas não sei o que corrigir 😬

        1. Olá! Como não têm glúten, não crescem quase nada. A levedura deve ser diluída em água fria. Dividiste em 6 bolinhas?

  6. Maria Albuquerque Freire Aguiar says:

    Olá, uma saqueta de fermipan, serve?
    Vou fazer amanhã para a conversão do homem cá de casa 🙂

    1. Olá! serve, sim!

  7. Vera Martins says:

    Bom dia,
    Vou experimentar a receita. Quando fala em mistura de sementes, tem de se manter sempre a mesma quantidade de “farinha”? Por exemplo 170 gr: 100gr de sarraceno e 70gr. de girassol?
    Cumprimentos,

    1. Bom dia,

      Sim! No entanto, se usares outras sementes além do girassol vai influenciar a quantidade de água. Eu optaria por usar apenas 170 g de girassol na primeira vez.

      1. Vera Martins says:

        Ok. Obrigada. É uma questão de nos habituarmos primeiro à textura dos pães e posteriormente ir percebendo, ao introduzir outras sementes, a quantidade de água! 🙂

  8. Diana Silva says:

    Boa tarde! Sempre que faço pão uso água morna, fiquei com dúvidas se neste deve ser quente ou fria! Obrigada 😊

    1. Olá! Neste pão prefiro usar água fria.

  9. Carla Esteves says:

    Bom dia,
    Fiz ontem esta receita, mas o resultado catastrófico!!! 6 bolas que nao cresceram e que ficaram com textura de borracha…. Acho que não levo jeito para isto…
    Cumprimentos,
    Carla

    1. Olá Carla! Vou tentar ajudar-te! Que levedura utilizaste? A massa tinha textura esponjosa quando terminou de levedar, como indico no vídeo?

  10. Andreia Alvaredo says:

    Boa tarde Márcia. Ainda não tentei fazer o pão em bolas mas já tentei na forma de bolo inglês. Na primeira vez ficou oco (pelos comentários que vi penso que cozeu demais) e na segunda pus menos tempo e ficou bem melhor (se bem que me pareceu ficar um bocadinho duro de mais). Em ambas as vezes fiquei com metade das mãos com massa quando a transferi para a forma 🤣🤣 Posso mexer e moldar a massa com as mãos húmidas?
    Bjs e obrigada pela receita e ajuda 😘

    1. Olá, podes, claro. Humedecer as mãos está recomendado na receita 🙂 Beijinho

  11. Boa tarde estou a fazer o pão em bolinhas não tinha de polvilho doce juntei farinha de mandioca acha que vai ficar bem?

    1. Olá! Acredito que tenha ficado bom, o que lhe parece? 🙂

  12. Vera Martins says:

    É possível fazer o processo todo da receita numa yammi? Ou seja, não só a pulverização como também amassar?

  13. Maria Ferreira says:

    Sou leiga nestas coisas de culinária. Gostava muito de experimentar fazer este pão mas, sinceramente não faço a mínima ideia do que é ” polvilho doce “. Alguém me pode explicar?

  14. Boa tarde,
    Já fiz esta receita várias vezes e não consigo que saia bem. Em vez de sementes de girassol usei trigo sarraceno e depois polvilho azedo. Depois de levedar não ficou com aspecto esponsoso. No tabuleiro achataram tipo bolacha… será água a mais?
    Obrigada

    1. Olá! Pelo que descreve será excesso de água. Que levedura usa?

  15. Iupiiiii!!!
    As minhas “bolinhas” transformaram-se em lindos pãezinhos, super estaladiços, molinhos, deliciosos! Marido e filho também provaram e aprovaram!
    Retirei-os logo do forno mal deu os 20 minutos. Deixei arrefecer um pouco. Quando os abri ainda estavam quentinhos mas muito bons de sabor!
    Agora que já estão frios continuam estaladiços e moles, qual pão acabadinho de sair da padaria.
    Parabéns à “nossa” Márcia!
    Recomendo esta receita, sem qualquer dúvida!
    Não consigo pôr fotos. Queria mostrar como ficaram mesmo apetitosos, por dentro e por fora.

    1. Que feedback tão bom! Obrigada! <3

  16. Bom dia nesta receita será que poderia substituir o polvilho doce por fécula de batata com já vi em outras receitas aqui?

    1. Olá, pode sim. Talvez necessite de mais água.

  17. Patrícia Correia says:

    Olá Márcia,
    Se substituir as sementes de girassol por fubá de mandioca acha que obtenho o mesmo resultado? Ou terei que alterar a quantidade de água ou até o tempo?
    Ajuda por favor 🙏
    Patrícia

    1. Olá! Seria melhor utilizar outras sementes ou farinha de arroz ou aveia, mas terá sempre de ajustar a quantidade de água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Close
Temperos da Argas © Todos os direitos reservados.
Close